Deuteronômio

Capítulo: 19

1-3Quando o Eterno, o seu Deus, lançar fora as nações da terra que está dando a vocês e vocês se estabelecerem nas cidades e casas delas, separem três cidades de fácil acesso na terra que o Eterno, o seu Deus, está dando a vocês como sua propriedade. Dividam a terra em três partes, essa terra que o Eterno está dando como sua herança, e façam estradas para essas cidades, a fim de que qualquer pessoa que acidentalmente matar outra possa fugir para uma dessas cidades.

4-7Esta é a orientação para aquele que matou alguém e fugiu para uma dessas cidades com o propósito de se refugiar: a morte do seu próximo tem de ser sem premeditação, e não pode haver histórico de inimizade entre eles. Por exemplo, um homem vai à floresta com seu amigo para cortar uma árvore. Ele ergue o machado, e o ferro escapa do cabo e acerta o amigo, matando-o. Ele poderá fugir para uma dessas cidades e salvar sua vida. Se a cidade estiver muito longe, o vingador de sangue poderá alcançar o que matou seu amigo no calor do ódio da perseguição e matá-lo, mesmo que ele não mereça, pois não foi culpa dele. Não havia histórico de inimizade entre eles. Por isso, ordeno: separem essas três cidades para vocês.

8-10Quando o Eterno, o seu Deus, aumentar o território de vocês, ampliando suas fronteiras, como ele prometeu solenemente aos seus antepassados, se vocês obedecerem a tudo que estou ordenando, isto é, amando ao Eterno e fazendo sempre o que ele diz, separem outras três cidades de refúgio para que não haja a possibilidade de ser derramado sangue inocente na sua terra. Vocês estão recebendo essa terra como herança, portanto não vão contaminá-la com sangue inocente e atrair a culpa desse sangue sobre vocês, vão?

11-13Mas, se um homem com uma história de ódio pelo seu próximo fizer uma emboscada para ele, matá-lo e, então, correr para uma dessas cidades, aí a história é outra. Os anciãos da cidade dele deverão mandar buscá-lo e entregá-lo ao vingador de sangue para ser executado. Não tenham pena dele. Eliminem a contaminação pelo sangue inocente derramado em Israel, para que vocês vivam bem e respirem ar puro.

14Ninguém mude os marcos de divisa do seu vizinho, estabelecidos como pontos de referência pelos desbravadores para definir a propriedade de cada um.

15Vocês não poderão condenar ninguém por um crime ou pecado pelo depoimento de uma única testemunha. Serão necessárias duas ou três testemunhas para fazer uma acusação.

16-21Se uma testemunha falsa acusar alguém de um crime, as duas partes envolvidas na disputa deverão se apresentar ao Eterno, diante dos sacerdotes e juizes que estiverem exercendo o cargo na ocasião. Os juizes farão uma investigação minuciosa. Se a testemunha for, de fato, uma testemunha falsa e tiver mentido contra seu irmão israelita, deem a ela o mesmo remédio que ela queria ministrar à outra parte. Eliminem o mal contagioso da sua comunidade. As pessoas vão tomar mais cuidado depois de saber como vocês agiram. É uma forma de coibir esse tipo de crime entre vocês. Não tenham pena da pessoa que deu falso testemunho: é vida por vida, olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.