Eclesiastes

Capítulo: 6
SÃO SÓ ABSURDOS

1-2Então, passei muito tempo observando com atenção o que acontece neste mundo: são só absurdos! Há pessoas a quem Deus dá de tudo — muito dinheiro, propriedades, uma boa reputação e poder — que se pode querer ou sonhar. Mas, depois, Deus não permite que elas desfrutem o que receberam. E, do nada, aparece alguém que ficará com tudo. Isso é um grande absurdo! Não faz sentido!

3-5Digamos que um casal tenha muitos filhos e que viva por muito tempo, mas nunca desfruta nada — mesmo que tenha um funeral de primeira, eu diria que um bebê que nasce morto tem mais sorte que esse casal. Ao menos, seu nascimento é sem sentido e sua morte também — nem sequer teve um nome. Não viu nada nem conheceu nada, mas está em melhor situação que qualquer um que vive esta vida!

6De que valeria alguém viver 2 mil anos, se não aproveitasse nada que possui? Afinal de contas, todos não acabam no mesmo lugar?

7Trabalhamos duro para alimentar o apetite, mas nunca estamos satisfeitos; nada parece preencher plenamente.

8-9Então, que vantagem tem o sábio sobre o insensato? E que vantagem o pobre que mal consegue sobreviver tem de viver? Já que é assim, aproveite o agora e não tenha expectativas neste mundo de sonhos e ilusão: não pense que algo melhor ainda está por vir. Tudo é um enorme vazio! É nadar contra a maré!

10O que aconteceu, aconteceu. Seu destino já está definido. Não dá para discutir com alguém tão poderoso como Deus.

11-12Quanto mais palavras forem ditas, mais vazio haverá. E quem sabe o que é o melhor para nós, nesta vida vazia que vivemos e que passa como neblina? E quem pode nos contar o próximo capítulo da vida — depois da morte?