Êxodo

Capítulo: 40
“MOISÉS CONCLUIU A OBRA”

1-3O Eterno falou a Moisés: “No primeiro dia do primeiro mês, arme a Habitação, a Tenda do Encontro. Coloque nela a arca da aliança e isole a arca com a cortina.

4“Arrume a mesa, dispondo da maneira correta o candelabro e as lâmpadas.

5“Coloque o altar do incenso, feito de ouro, diante da arca da aliança e estenda a cortina na porta da Habitação.

6“Coloque o altar das ofertas queimadas à porta da Habitação, na Tenda do Encontro.

7“Coloque a bacia, cheia de água, entre a Tenda do Encontro e o altar.

8“Arme o pátio de todos os lados e estenda a cortina na sua entrada.

9-11“Depois, pegue o óleo da unção, para ungir a Habitação e tudo que estiver dentro dela; consagre-a com todos os seus acessórios, para que se torne santa. Você deve ungir, também, o altar das ofertas queimadas e seus utensílios, consagrando-o para que se torne completamente santo. Deve ungir, ainda, a bacia e sua base, para consagrá-la.

12-15“Por último, leve Arão e seus filhos até a entrada da Tenda do Encontro e lave-os com água. Vista Arão com as vestimentas sagradas. Depois de o ungir, consagre-o para me servir como sacerdote. Vista os filhos dele com as túnicas. Eles devem ser ungidos, assim como você ungiu o pai deles, para que me sirvam como sacerdotes. A unção os introduzirá num sacerdócio perpétuo por todas as gerações”.

16Moisés fez tudo conforme as ordens do Eterno.

17-19No primeiro dia do primeiro mês do segundo ano, a Habitação foi armada por Moisés. Ele firmou suas bases, ergueu as armações, posicionou os travessões e as colunas, estendeu a tenda sobre a Habitação e pôs a cobertura sobre ela, conforme o Eterno havia ordenado.

20-21Dentro da arca, ele guardou as tábuas da aliança, introduziu os varões para o transporte da arca e pôs, sobre ela, a cobertura, a tampa da expiação. Em seguida, levou a arca para a Habitação e estendeu a cortina, isolando a arca da aliança, conforme o Eterno havia ordenado.

22-23Ele pôs a mesa na Tenda do Encontro, no lado norte da Habitação, do lado externo da cortina, e arrumou o pão diante do Eterno, conforme ele havia ordenado.

24-25Pôs o candelabro na Tenda do Encontro, diante da mesa, no lado sul da Habitação, e preparou as lâmpadas diante do Eterno, conforme ele havia ordenado.

26-27Moisés pôs o altar de ouro na Tenda do Encontro, de frente para a cortina, e queimou incenso aromático sobre ele, conforme o Eterno havia ordenado.

28Ele pôs a tela na entrada da Habitação.

29Depois, levou o altar das ofertas queimadas até a porta da Habitação, a Tenda do Encontro, e apresentou ofertas queimadas e ofertas de cereais, conforme o Eterno havia ordenado.

30-32Em seguida, posicionou a bacia entre a Tenda do Encontro e o altar e a encheu de água, para a lavagem ritual. Moisés, Arão e seus filhos lavaram nela as mãos e os pés. Sempre que entravam na Tenda do Encontro e, antes de servir no altar, eles se lavavam, conforme o Eterno havia ordenado a Moisés.

33Por último, ele ergueu a cerca do pátio em volta da Habitação e do altar, pondo a tela à entrada. Com isso, Moisés concluiu sua tarefa.

34-35A nuvem cobria a Tenda do Encontro, e a glória do Eterno enchia a Habitação. Moisés não podia entrar na Tenda do Encontro, pois a nuvem estava sobre ela, e a glória do Eterno enchia a Habitação.

36-38Sempre que a nuvem se levantava da Habitação, o povo de Israel partia, mas, se a nuvem não se erguesse, ninguém levantava acampamento. A nuvem do Eterno ficava sobre a Habitação durante o dia e, de noite, havia fogo sobre ela. Estava sempre visível a todos os israelitas em suas viagens.