Filemon

Capítulo: 1

1-3Eu, Paulo, sou um prisioneiro por causa de Cristo com meu irmão Timóteo. Escrevo esta carta a você, Filemon, meu bom amigo e companheiro na obra, e também à nossa irmã Áfia, a Arquipo, verdadeiro guerreiro, e à igreja que se reúne em sua casa. O melhor de Deus para vocês! Bênçãos de Cristo sobre vocês!

4-7Toda vez que seu nome é citado em minhas orações, eu digo "Graças a Deus!". Tenho ouvido que você ultrapassa os demais cristãos no amor e na fé que tem no Senhor Jesus. Continuo orando para que a fé que temos em comum continue a se manifestar nas coisas boas que fazemos e que as pessoas reconheçam Cristo em tudo isso. Amigo, você não faz idéia de como me sinto sabendo desse amor, ainda mais quando vejo sua hospitalidade para com os irmãos.

8-9É pensando nisso que vou pedir um favor a você. Na condição de embaixadoor de Cristo e agora prisioneiro por causa dele, eu não hesitaria em ordenar, se fosse necessário, mas prefiro fazer um pedido pessoal.

10Aqui na prisão, adotei um filho, digamos assim. E aí está ele, entregando pessoalemente

14esta carta -- Onésimo! Antes ele era inútil para você; agora é útil para nós dois. Eu o estou enviando de volta, mas com isso me sinto como se tivesse amputado um braço. Eu queria mantê-lo aqui, enquanto você se esforça para ajudar aí livre, e eu, aqui de dentro, preso por causa da Mensagem. Mas eu não quis fazer nada sem o seu conhecimento nem obrigá-lo a praticar uma boa ação sem estar disposto a praticá-la.

15-16Talvez tenha sido melhor que você o perdesse por um tempo. Você o está recuperando agora com uma vantagem -- não como simples escravo, mas como verdadeiro irmão em Cristo! Foi o que ele significou para mim e será muito mais para você!

17-20Portanto, se você ainda me considera um companheiro, receba-o e volta como se recebesse a mim. Se ele estragou algo ou deve alguma coisa a você, ponha na minha conta. Esta é minha assinatura pessoal -- Paulo. Assumo essa dívida (não preciso lembrar que você me deve a vida, preciso?). Amigo, faça-me esse grande favor. Você fará isso para Cristo, mas também fará bem ao meu coração.

21-22Conheço você o bastante para saber que me atenderá. Imagino que fará ainda mais do que pedi. A propósito, deixe um quarto preparado para mim. Por causa de suas orações, espero ser seu hóspede outra vez.

23-25Epafras, meu companheiro de cela na causa de Cristo, manda saudações. Também meus colaboradores Marcos, Aristarco, Demas e Lucas. Tudo de bom para você da parte do Senhor Jesus Cristo!