Habacuque

Capítulo: 2

1O que Deus vai me responder? Estou preparado para o pior. Vou subir à torre de vigia e vasculhar o horizonte. Vou esperar para saber o que ele vai dizer, como ele vai responder à minha queixa.

CHEIO DE SI, MAS DE ALMA VAZIA

2-3E o Eterno respondeu: “Escreva isto, escreva o que você está vendo. Escreva isso em letras blocadas bem grandes, para que possam ser lidas até por quem passa correndo. Essa mensagem é um testemunho de algo que está para acontecer. Ela aguarda ansiosamente algo que está por vir — mal consegue esperar! E não mente. Se parecer que está demorando, espere. Já está a caminho. Vai chegar na hora exata”.

4“Olhe para aquele homem inchado de presunção — cheio de si, mas de alma vazia. Mas a pessoa que anda direito diante de Deus, com uma fé sincera e firme, essa vive plenamente, está realmente viva.

5-6“Observem bem: o dinheiro é enganoso. Os ricos arrogantes não duram para sempre. Eles estão mais famintos por dinheiro que o túmulo por cadáveres. Como a morte, eles sempre querem mais, e o que obtêm são mais cadáveres. São cemitérios cheios de nações mortas — cemitérios repletos de cadáveres. Nem percam tempo pensando em pessoas assim. Logo o mundo inteiro vai zombar delas:

6-8“‘Quem vocês pensam que são, enriquecendo por meio da extorsão e do roubo? Por quanto tempo acham que vão ficar impunes?’ Aliás, quanto tempo até que suas vítimas acordem, se levantem e façam de vocês as vítimas? Vocês saquearam nação após nação. Agora vão experimentar do próprio veneno. Todos os sobreviventes estão aí para saquear vocês, Uma retribuição por todos os seus homicídios e massacres.

9-11“Quem vocês pensam que são, roubando e saqueando despreocupadamente, Vivendo no luxo, agindo como os maiorais, fazendo de conta que estão acima da lei e dos problemas? Vocês arquitetaram a ruína da sua própria casa. Quando arruinaram os outros, arruinaram vocês mesmos. Vocês minaram as próprias fundações, corromperam a própria alma. Os tijolos das suas casas vão acusar vocês. O madeiramento vai apresentar as evidências.

12-14“Quem vocês pensam que são, construindo uma vila sobre homicídios, uma cidade sobre crimes? Não sabem que o Senhor dos Exércitos de Anjos faz que disso resultem apenas cinzas? Não sabem que, quanto mais trabalharem usando esses métodos, menos essência terão? Enquanto isso, a terra se enche da percepção da glória do Eterno, assim como as águas cobrem o mar.

15-17“Quem vocês pensam que são, convidando os vizinhos para suas festas, Com bebida à vontade, enredando-os nas suas orgias? Acham que isso é diversão? Errado! É o chamariz da desgraça. Durante todo o tempo em que vocês bebiam, estavam bebendo da taça da ira do Eterno. Vocês vão acordar com a cabeça latejando, caída de lado por causa da violência contra o Líbano, Caída por causa dos massacres dos animais, por causa dos homicídios e das mutilações, Das múltiplas violações ao lugar e ao povo.

18-19“Que utilidade tem um deus esculpido tão habilmente por seu escultor? Que vantagem tem um deus de metal fundido, se tudo que diz é mentira? Que sentido há em ser um religioso fabricante de deuses que nem sabem falar? Quem vocês pensam que são, dizendo a um pedaço de pau: Acorde!’, Ou a uma pedra muda: ‘Levante-se!’? Eles podem ensinar a vocês alguma coisa? Não há neles nada a não ser aparência. Não há nada no seu interior.

20“Mas o Eterno está no seu santo templo! Quietos, todos — façam silêncio santo e ouçam!”.