III João

Capítulo: 1

1-4O Pastor, ao meu bom amigo Gaio: amo você de verdade! Somos os melhores amigos, e oro para que tenha êxito em tudo que fizer e tenha boa saúde. Que suas atividades prosperem, assim como sua alma! Fiquei muito contente quando alguns amigos chegaram e trouxeram notícias de que você está firme no caminho da verdade. Nada me deixa mais feliz que receber notícias de que meus filhos continuam firmes no caminho da Verdade!

SIRVA DE EXEMPLO

5-8Prezado amigo, quando você recebe em casa os irmãos em Cristo, mesmo quando são desconhecidos, sua fé aparece na prática. Eles fizeram um relatório completo para a igreja aqui, um verdadeiro sermão acerca do seu amor. É um bom trabalho esse que você está fazendo, ajudando os viajantes, dando-lhes hospitalidade digna do próprio Deus! Eles se abrigam sob a bandeira do Nome e não recebem ajuda dos que não são cristãos. Por isso, merecem qualquer ajuda que possamos dar. Quando providenciamos cama e comida para eles, tornamo-nos companheiros deles na proclamação da Verdade.

9-10Anteriormente, escrevi algo parecido para a igreja, mas Diótrefes, que gosta de estar em evidência, deturpou meu conselho. Se eu for, estejam certos de que vou chamá-lo à responsabilidade por espalhar notícias falsas sobre nós. Como se não bastasse, além de recusar hospitalidade aos viajantes cristãos tenta impedir os outros de fazê-lo. Pior ainda, em vez de convidá-los, ele os expulsa.

11Amigo, não tenha parte nessa maldade. Sirva de exemplo. Quem faz o bem faz o trabalho de Deus. Quem faz o mal falsifica o que é de Deus e nada sabe sobre ele.

12Todo mundo fala bem de Demétrio — a própria verdade está a favor dele! Já combinamos — e vocês sabem — em não dar nosso aval de maneira leviana.

13-14Tenho ainda muito a dizer, mas prefiro não usar papel e tinta. Espero estar aí em pessoa e ter uma conversa franca. A paz esteja com você. Os amigos aqui enviam saudações. Cumprimente nossos amigos aí, um por um.