Isaías

Capítulo: 3
JERUSALÉM ESTÁ NAS ÚLTIMAS

1-7O Senhor, o Senhor dos Exércitos de Anjos, está esvaziando Jerusalém e Judá Dos artigos de primeira necessidade, a começar pelo pão e pela água. Ele está retirando a segurança e a proteção, juízes e tribunais, pastores e mestres, capitães e generais, médicos e enfermeiras e, sim, até o conserta-tudo e o pau-para-toda-obra. Ele diz: “Vou pôr crianças no comando da cidade. Meninos e meninas é que vão dar as ordens. As pessoas vão esganar umas às outras; Vão se esfaquear pelas costas: Vizinho contra vizinho, jovens contra velhos, o joão-ninguém contra o dono do pedaço. Um irmão vai agarrar o outro e dizer: ‘Você parece sensato. Faça alguma coisa! Tire a gente desta confusão!’. E ele vai responder: ‘Eu não! Nem sei o que fazer. Não quero ser responsável por nada.

8-9“Jerusalém está com as pernas bambas. Judá logo estará de cara no chão. Tudo que as pessoas fazem e dizem está em conflito com os propósitos do Eterno, é como um tapa no meu rosto. Orgulhosos de sua depravação, fazem alarde de seus pecados como a corrompida Sodoma, Decretando a destruição da alma! Eles fizeram a cama, e nela agora deitarão.

10-11“Vai-se a certeza dos justos, de que uma vida correta será recompensada. Mas haverá desgraça para os maus! Um desastre! Tudo que fizeram aos outros também lhes será feito.

12“Crianças franzinas põem medo no meu povo. Meninas simplórias o intimidam. Meu querido povo! Seus líderes estão levando vocês para um beco sem saída. Estão lançando vocês num caminho sem direção”.

UMA CIDADE DE JOELHOS

13-15O Eterno entra na sala do tribunal. Ele toma assento para julgar seu povo. O Eterno exige ordem no tribunal, conduz os líderes do povo ao banco dos réus: “Vocês saquearam este país. Suas casas estão entupidas de coisas que roubaram dos pobres. Como podem pisar no meu povo, esfregando o rosto dos coitados na lama?” É isso que o Senhor, o Senhor dos Exércitos de Anjos, diz.

16-17O Eterno diz: “As mulheres de Sião são muito convencidas, andam por aí de nariz empinado e de salto alto, Lançando olhares a todos os homens na rua, balançando os quadris, Jogando o cabelo, cobertas de joias”. O Senhor fará cair o cabelo das mulheres de Sião. Mulheres sarnentas e carecas: É o Senhor que vai fazer isso.

18-23Chegará o dia em que o Senhor vai jogar fora os acessórios extravagantes: brincos, pingentes, presilhas, braceletes, pentes, espelhos, lenços de seda, broches de diamantes, colares de pérolas, anéis para os dedos das mãos e dos pés, chapéus da última moda, perfumes exóticos e afrodisíacos, mantos e capas — o que há de mais fino no mundo em tecidos e design.

24Em vez de aromas sedutores, essas mulheres vão cheirar a repolho apodrecido; Em vez de modelar mantos finos, elas serão como panos de chão; Em vez dos cortes de cabelo estilizados, haverá cabelos horríveis e asquerosos; Em vez de marcas de beleza, sarnas e manchas.

25-26Seus melhores guerreiros serão mortos, os corpos dos soldados serão abandonados no campo de batalha. No portão de entrada de Sião, uma grande multidão lamentará seus mortos — Uma cidade parou sob o peso de sua perda; foi posta de joelhos por suas aflições.