I Samuel

Capítulo: 4
A ARCA DO ETERNO É CAPTURADA

1-3Tudo que Samuel dizia era anunciado por todo o Israel. Um dia, Israel saiu à guerra contra os filisteus. Os israelitas armaram acampamento em Ebenézer, e os filisteus, em Afeque. Os filisteus marcharam contra Israel. A luta se intensificou, e Israel sofreu uma amarga derrota — cerca de quatro mil homens caíram mortos no campo de batalha. Quando as tropas retornaram ao acampamento, os líderes de Israel disseram: “Por que o Eterno permitiu que os filisteus nos derrotassem? Vamos trazer a arca da aliança do Eterno, que está em Siló. Ela vai nos acompanhar e nos livrar da opressão de nossos inimigos”.

4O exército mandou emissários a Siló, e eles trouxeram a arca da aliança do Senhor dos Exércitos de Anjos, que está entronizado entre os querubins. Os filhos de Eli, Hofni e Fineias, acompanharam a arca.

5-6Quando a arca da aliança do Eterno chegou ao acampamento, todos vibraram de alegria. Os gritos pareciam um trovão, e o chão tremia. Ouvindo os gritos, os filisteus tentavam adivinhar o que estava acontecendo e se perguntavam: “Que gritaria é essa entre os hebreus?”

6-9Mais tarde, eles descobriram que a arca do Eterno tinha chegado ao acampamento dos hebreus e entraram em pânico: “Os deuses deles chegaram ao acampamento! Nunca aconteceu algo assim conosco. Estamos perdidos! Quem nos livrará das garras desses deuses poderosos? São os mesmos deuses que feriram os egípcios com tudo que era praga no deserto. Levantem-se, filisteus! Coragem! Corremos o risco de nos tornar escravos dos hebreus, assim como eles foram nossos escravos. Mostrem sua força! Lutem pela sua vida!”

10-11Eles lutaram como nunca e puseram Israel para correr. Massacraram os israelitas sem dó nem piedade. Os soldados sobreviventes fugiram, deixando atrás de si trinta mil mortos. Como se não bastasse, a arca de Deus foi levada. Os dois filhos de Eli, Hofni e Fineias, foram mortos nessa batalha.

ISRAEL PERDE A GLÓRIA

12-16Um benjamita, que tinha saído da linha de combate, correu para Siló. Quando chegou à cidade, tinha a camisa rasgada e o rosto sujo. Eli estava sentado na sua cadeira, perto do caminho, aguardando notícias, pois estava muito preocupado com a arca de Deus. Quando o rapaz entrou na cidade para dar a notícia, o povo, chocado com a notícia, começou a chorar. Eli ouviu o choro e perguntou: “O que está acontecendo?”. O mensageiro contou a notícia ao sacerdote. Eli tinha 98 anos de idade e estava cego. O rapaz disse a Eli: “Acabei de voltar da linha de combate. Quase perdi a vida”. Eli perguntou: “O que aconteceu, meu filho?”

17O mensageiro respondeu: “Israel fugiu dos filisteus. Foi uma derrota catastrófica, com muitas baixas. Seus filhos, Hofni e Fineias, morreram, e a arca de Deus foi levada”.

18Quando Eli ouviu que a arca de Deus tinha sido capturada, caiu da cadeira para trás, perto da porta, onde estava sentado. Ele era velho e gordo e, quando caiu, quebrou o pescoço e morreu. Ele tinha servido Israel durante quarenta anos.

19-20Sua nora, esposa de Fineias, estava grávida, e faltava pouco tempo para dar à luz. Quando ouviu que a arca de Deus tinha sido levada e que seu sogro e seu marido estavam mortos, ela entrou em trabalho de parto. Ela estava morrendo, e a parteira disse: “Fique tranquila. Você teve um menino!” Mas ela não respondeu.

21-22A arca de Deus foi levada, o sogro estava morto, o marido também; então, ela deu ao filho o nome de Icabode (Foi-se a Glória), dizendo: “Israel perdeu a glória, já que a arca de Deus foi capturada”.