Provérbios

Capítulo: 21
O ETERNO EXAMINA NOSSOS MOTIVOS

1A boa liderança é um riacho controlado pelo Eterno; ele o direciona para o lado que escolher.

2Nós avaliamos nossos atos pelas aparências, mas o Eterno examina nossos motivos.

3Viver com pureza diante de Deus e tratar o próximo com justiça dizem mais ao Eterno que um ato religioso.

4A arrogância e o orgulho — marcas inconfundíveis dos perversos — são pecados e ponto final.

5O planejamento cuidadoso dá a você a dianteira na longa corrida; a pressa e a correria deixam você para trás.

6Você pode chegar ao topo com mentiras e trapaças, mas receberá apenas ilusão e a sua promoção — será a morte!

7Os perversos são enterrados vivos com seus ganhos ilícitos, porque eles se recusaram a usá-los para ajudar os outros.

8Motivos confusos transformam a vida num emaranhado; os motivos puros levam você pelo caminho direito.

FAÇA O MELHOR POSSÍVEL, PREPARE-SE PARA O PIOR

9Melhor é viver sozinho numa cabana caindo aos pedaços que morar numa mansão com uma esposa resmungona.

10A alma do perverso tem prazer na confusão; ele não sente nada pelos amigos e vizinhos.

11O insensato só aprende do jeito mais difícil, mas os sábios aprendem muito escutando.

12Quem é fiel verá que Deus faz justiça por meio dos perversos; o mal que eles planejaram será desfeito.

13Se você rejeitar o clamor do pobre, também seus clamores não serão respondidos.

14O presente dado de forma discreta acalma a pessoa irritada; o presente sincero ameniza o temperamento difícil.

15Os justos festejam quando a justiça triunfa, mas para quem trabalha para o mal esse é um dia triste.

16Quem se desvia do que é correto acabará se reunindo com os mortos.

17Você é viciado em tudo que dá prazer? Que vida vazia! A busca do prazer nunca é satisfeita.

18O mal planejado contra um justo voltará para o perverso; de fato o acertará em cheio, como um bumerangue.

19Melhor é viver numa tenda no deserto que com uma esposa irritada e resmungona.

20As coisas valiosas estão seguras na casa do sábio; os insensatos acabam com tudo

21Quem sai caçando o que é justo e bom encontra a própria vida — e que vida!

22Mesmo uma cidade bem defendida, cheia de soldados — desmoronará diante da sabedoria do sábio!

23Vigie suas palavras e controle a língua; você salvará você mesmo de muita desgraça.

24Você conhece os nomes — Insolente, Sem-Vergonha, Blasfemo: todos de pavio curto e descontrolados.

25O preguiçoso acaba morrendo de fome, porque não tem coragem de se levantar para trabalhar.

26Os pecadores estão sempre desejando o que não têm, mas quem é fiel a Deus está sempre ajudando quem precisa.

27O ato religioso dos perversos é inaceitável; pior ainda é quando o praticam querendo vantagens.

28O testemunho mentiroso não é convincente, mas quem fala a verdade é respeitado.

29Os inescrupulosos vivem fingindo; as pessoas honestas estão seguras de seus passos.

30Nenhum plano, nenhuma maquinação, nenhuma invenção jamais vencerão o Eterno.

31Faça sempre o melhor, prepare-se para o pior — então, confie no Eterno e você alcançará vitória.