Salmos

Capítulo: 112

1-10Aleluia! Bendito o homem, bendita a mulher que teme ao Eterno, Que aprecia e tem prazer em seus mandamentos! Seus filhos são robustos, E a casa do justo — como é abençoada! Sua casa transborda saúde E uma generosidade que nunca se esgotam. O nascer do sol abre caminho através da escuridão para os bons — A graça, a misericórdia e a justiça de Deus! Os bons são generosos e emprestam sem reservas: Eles não conhecem a ilusão nem o fracasso, Mas uma legítima, sólida e duradoura reputação. Inabaláveis diante de rumores e fofocas, De coração pronto e confiante no Eterno, De espírito firme e destemido, Sempre abençoados e tranquilos entre inimigos, Eles esbanjam doações aos pobres — Uma generosidade que não tem fim. Uma vida honrada! Uma vida bela! O ímpio observa e se enfurece, Faz barulho, mas acaba mudo. Não sobra nada para os sonhos dos ímpios. Nada.