Salmos

Capítulo: 115

1-2Não por nossa causa, ó Eterno, não, não por nossa causa, mas por causa do teu nome mostra tua glória! Faz isso por causa do teu amor misericordioso, faz isso por causa dos teus caminhos fiéis. Faz isso para que nenhuma nação possa dizer: “Onde está o Deus deles agora?”

3-8Nosso Deus está no céu fazendo o que ele quer. Os deuses deles são metal e madeira, feitos numa fabriqueta de porão: Bocas esculpidas que não podem falar, olhos pintados que não podem ver, Ouvidos de lata que não podem ouvir, narinas de mentira que não podem sentir cheiro, Mãos que não podem agarrar, pés que não podem andar nem correr, gargantas das quais som nenhum nunca se ouviu. E os que os fabricam se tornam como eles, como os deuses em quem confiam.

9-11Mas você, ó Israel: deposite sua confiança no Eterno! Confie no seu Ajudador! Confie no seu Governante! Clã de Arão, confie no Eterno! Confie no seu Ajudador! Confie no seu Governante! Vocês que temem o Eterno, confiem no Eterno! Confiem no seu Ajudador! Confiem no seu Governante!

12-16Ó Eterno, lembra-te de nós e nos abençoa! Abençoa as famílias de Israel e Arão! E que o Eterno abençoe todos os que o temem — o pequeno e o grande. Oh! Que o Eterno amplie suas famílias, dando crescimento a você e seus filhos! Que você seja abençoado pelo Eterno, que fez os céus e a terra. O céu dos céus é para o Eterno, mas ele nos designa responsáveis pela terra.

17-18Os mortos não podem louvar o Eterno: nem mesmo uma palavra pode ser ouvida dos que estão na sepultura. Mas nós engrandecemos o Eterno. Oh, sim! Engrandecemos hoje, engrandecemos sempre! Aleluia!