Salmos

Capítulo: 13
UM SALMO DE DAVI

1-2Por muito tempo, ó Eterno — Tu me ignoraste por muito tempo. Por muito tempo, eu só conseguia ver tua nuca. Por muito tempo, Carreguei esse enorme fardo de problemas, vivia com o estômago doendo. Por muito tempo, meus arrogantes inimigos me olhavam do alto de sua soberba.

3-4Dá uma boa olhada em mim, ó Eterno, meu Deus! Quero olhar a vida de frente, Para que nenhum inimigo tire vantagem de mim ou dê risada quando eu cair de cara no chão.

5-6Eu me atirei em teus braços — e celebro teu resgate. Canto com todas as minhas forças, depois de tantas orações respondidas.