Salmos

Capítulo: 23
UM SALMO DE DAVI

1-3Ó Eterno, meu pastor! Não preciso de nada. Tu me acomodaste em exuberantes campinas; encontraste lagos tranquilos, e deles posso beber. Orientado por tua palavra, pude recuperar o alento e seguir na direção certa.

4Mesmo que a estrada atravesse o vale da Morte, Não vou sentir medo de nada, porque caminhas do meu lado. Teu cajado fiel me transmite segurança.

5Tu me serves um jantar completo na cara dos meus inimigos. Tu me renovas, e meu desânimo desaparece; minha taça transborda de bênçãos.

6Tua bondade e teu amor correm atrás de mim todos os dias da minha vida. Assim, vou me sentir em casa no templo de Deus por todo o tempo em que eu viver.