Salmos

Capítulo: 26
UM SALMO DE DAVI

1Limpa meu nome, ó Eterno, pois minha vida é honesta. Eu me arrisquei por ti, ó Eterno, sem arredar pé um centímetro.

2Examina-me, ó Eterno, da cabeça aos pés, pede uma bateria de testes. Certifica-te de que eu estou saudável por dentro e por fora

3Para que eu nunca perca de vista o teu amor, E mantenha sintonia contigo, sem jamais perder o contato.

4-5Não me misturo com a malandragem, nem faço amizade com assassinos. Odeio as famílias de gângsteres e não negocio com trapaceiros.

6-7Lavo as mãos com o sabão mais puro e do teu altar me aproximo, ó Eterno! Canto as tuas canções com todas as minhas forças, As que contam histórias a teu respeito.

8-10Ó Eterno, é um prazer viver contigo! Tua casa brilha com tua glória. Quando chegar a hora, não quero ser varrido para fora com os impostores e desonestos, Homens com malas recheadas de trapaças, mulheres com bolsas cheias de dinheiro desonesto.

11-12Tu sabes que fui sincero contigo; sejas também comigo. Tu sabes que sou honesto, ó Eterno! Eu falo bem de ti em cada oportunidade que tenho.