Salmos

Capítulo: 50
UM SALMO DE ASAFE

1-3O Deus dos deuses — o Eterno! — grita: “Terra!” Ele dá as boas-vindas ao Sol, no leste, despede-se dele quando o astro vai desaparecendo, no oeste. A deslumbrante beleza de Deus resplandece em Sião. Nosso Deus aparecerá à entrada, ele não tem medo de se mostrar. Uma explosão de fogos de artifício o precede.

4-5Ele intima o céu e a terra como jurados, ao levar seu povo ao tribunal. E diz: “Reúnam os que são fiéis a mim, os que juraram sobre o meu Livro sua lealdade a mim”.

6Todo o Universo atesta a imparcialidade desse tribunal, pois aqui Deus é o juiz.

7-15“E escute, meu povo querido. Estou pronto para falar. Israel, estou quase pronto para levá-lo a julgamento. Aqui é Deus, o seu Deus, falando com você. Não encontro falhas nos seus atos de adoração, nas ofertas queimadas que me apresenta. Mas por que eu iria querer seus touros premiados, ou mais cabras dos seus rebanhos? Cada criatura da floresta me pertence, também os animais que vivem nas montanhas. Conheço cada pássaro dos montes pelo nome, e os animais do campo são meus amigos. Se eu ficasse com fome, acha que recorreria a você? Toda a Criação e sua fartura me pertencem. Acha que me alimento da carne do cervo ou que bebo goles do sangue das cabras? Prepare para mim um banquete de louvores, ofereça ao Deus Altíssimo uma festa de promessas cumpridas. Depois, peça socorro quando estiver com problemas: eu o ajudarei, e você me honrará”.

16-21Mas aos ímpios, Deus diz: “O que vocês estão tramando, citando minhas leis, conversando como se fôssemos bons amigos? Vocês nunca atenderam à porta quando os chamei e tratam minhas palavras como lixo. Se encontram um ladrão, vocês fazem amizade com ele; os adúlteros são seus companheiros prediletos. Sua boca destila imundície, e mentir é uma forma de arte que vocês levam a sério. Vocês apunhalam o próprio irmão pelas costas, defraudam sua irmãzinha. Mantive um silêncio paciente enquanto agiam assim, e vocês pensaram que eu estava concordando com seu jogo. Mas agora eu chamo vocês para uma conversa e vou desmascarar a sua impiedade.

22-23“Chega desse comportamento falso comigo. Estou pronto para dar a sentença, e saibam que não haverá possibilidade de apelação! É a vida de louvor que me honra. Tão logo ponham os pés no Caminho, Mostrarei a vocês a minha salvação”.