Salmos

Capítulo: 56
UM SALMO DE DAVI — QUANDO ELE FOI CAPTURADO PELOS FILISTEUS EM GATE

1-4Fica do meu lado, ó Deus! Estou sendo chutado, agredido todos os dias. Nenhum dia se passa sem que alguém me espanque. Eles tomam como sua obrigação bater em mim. Quando fico realmente com medo, recorro a ti com confiança. Tenho orgulho de louvar a Deus. Destemido agora, confio em Deus. O que podem fazer comigo os simples mortais?

5-6Eles não desistem — tentam sujar minha reputação e se reúnem para tramar minha ruína. Eles se unem em bandos e andam juntos pelas vielas Para me pegar de surpresa, na esperança de uma chance para me atacar.

7Dá a eles a paga dessa maldade! Descarrega tua ira neles, ó Deus! Fora com essa gente!

8Tu observas atentamente cada movimento meu nas noites de insônia. Cada lágrima foi registrada em teu livro, cada dor transcrita em teus registros.

9Se meus inimigos fugirem, virarem as costas quando eu gritar com eles, Então, saberei que Deus está do meu lado.

10-11Estou orgulhoso de louvar a Deus, orgulhoso de louvar ao Eterno. Destemido agora, confio em Deus. O que podem fazer comigo os simples mortais?

12-13Ó Deus, cumpriste tudo que prometeste, e te agradeço de todo o coração. Tu me tiraste da beira do abismo, afastaste meus pés do despenhadeiro da morte. Agora ando com Deus na luz que ilumina os campos da vida.