Salmos

Capítulo: 58
UM SALMO DE DAVI

1-2É este o caminho que deve trilhar um país? Há um político honesto no recinto? Nos bastidores, você mexe caldeirões de maldade; a portas fechadas, faz pacto com os demônios.

3-5Os ímpios erram o caminho ao nascer; suas primeiras palavras fora do útero são mentiras. Veneno, veneno letal de cascavel, goteja de sua língua partida. São surdos às ameaças, alheios ao feitiço — décadas de cera acumulada nos ouvidos.

6-9Ó Deus, quebra os dentes deles em pedacinhos, deixa-os sem presa. Que a vida deles seja um balde de água que virou, restando apenas uma mancha na areia. Que eles sejam grama pisada, amassada pelo tráfego. Que eles se dissolvam em gosma de lesma e sejam um feto abortado, que nunca viu a luz do Sol. Antes que a trama deles seja executada, ó Deus, manda tudo por água abaixo!

10-11Os justos comemorarão com os amigos quando os ímpios receberem o castigo que merecem. O sangue deles será servido em taças, e os justos brindarão: “Vale a pena jogar conforme as regras! Deus distribui prêmios enquanto administra a terra!”.