Salmos

Capítulo: 61
UM SALMO DE DAVI

1-2Deus, ouve meu grito, inclina-te para ouvir minha oração. Quando estou num lugar remoto, já quase sem fôlego, Clamo a ti: ‘Guia-me para o alto da montanha mais alta!”

3-5Tu sempre me deste espaço para respirar, um lugar para fugir de tudo isso, Uma licença vitalícia para ocupar teu esconderijo, um convite aberto e permanente. Sempre me levaste a sério, ó Deus, sempre me puseste à vontade entre os que te conhecem e te amam.

6-8Que os dias do rei se somem a anos e anos de bom governo. Estabelece o trono dele na tua plena luz. Designa o teu amor e a tua fidelidade como vigias, E serei o poeta que cantará tua glória — e que viverá o que canta todos os dias.