Salmos

Capítulo: 63
UM SALMO DE DAVI — QUANDO ESTAVA NO DESERTO DE JUDÁ

1Tu és meu Deus! Não consigo me cansar de ti! Tenho grande fome e sede de Deus, ao viajar por terras secas e exaustivas.

2-4Então, aqui estou, no lugar da adoração, de olhos abertos, bebendo da tua força e da tua glória. Em teu generoso amor, finalmente estou vivendo! Meus lábios transbordam louvores como fontes. Eu falarei bem de ti enquanto respirar; A ti erguerei meus braços!

5-8Fico satisfeito como se estivesse diante de um fino banquete É tempo de louvar em voz alta! Se estou sem sono à meia-noite, passo as horas em gratificante reflexão. Sempre me defendeste, Por isso estou livre para correr e brincar. Agarro-me a ti para salvar a minha vida, e tu me seguras firme e me susténs.

9-11Os que estão lá fora para me pegar terão um triste fim: estão destinados à morte, prestes a ir para as profundezas. Eles morrerão de morte violenta; serão devorados por chacais, membro a membro. Mas o rei está contente com Deus; seus verdadeiros amigos espalharão alegria, Enquanto os comentários maldosos serão calados para sempre.